Força

Determinação

Sucesso

Sobre a Isadora Faber

ONG Isadora Faber

WelcomeWelcome_E.html
AboutIsadora_E.html
Our GoalsObjectives_E.html
PhotosPhotos_E.html
DonateHow_to_Help_E.html
ContributorsEmployees_E.html
ContactContact_E.html
 
 

Há um ano atrás, Isadora, com 13 anos, sai do anonimato e consegue mobilizar pessoas de várias áreas com sua angustia de ter melhorias estruturais e educacionais em sua escola, atravessa fronteira e vira notícia em jornais e canais de televisão pelo mundo a fora. Firme e convicta que é isto que precisa fazer, seu exemplo vira lição de casa a muitos estudantes que vêem no “Diário de Classe” um modelo a seguir e começam a adotar sua atitude e exigir seus direitos. Apoiada pela família, ganha o reconhecimento de autoridades, formadores de opinião e cresce em seu ideal.

Isadora Faber e sua história

A estudante Isadora Faber, 14 anos, do ensino fundamental na Escola Básica Municipal Maria Tomázia Coelho, de Florianópolis - SC, inicia no dia 11 de Julho de 2012 escrever uma FanPage chamada “Diário de Classe - A Verdade”. Com objetivo de mostrar a realidade de sua escola, pegou o celular e começa a retratar todos os problemas que lá se apresentavam. A precariedade disto, a falta daquilo vem à tona através das fotos e textos no “Diário de Classe”. Uma linguagem clara e dinâmica desperta a atenção das autoridades municipais, imprensa e sociedade local e nacional. Logo, torna-se uma celebridade das causas sociais do país. E a escola Maria Tomázia passou a se transformar num local mais digno e menos abandonado.

Convidada especial em diversos programas de TV, seminários, congressos e premiações, agora Isadora Faber não é uma só. Em novembro de 2012, Isadora é escolhida entre os 25 brasileiros a ser homenageados no “Um Bilhão” do FaceBook e lá estão também presidentes, ministros e grupos de pessoas com ação efetiva na vida do próximo.

No início de 2013, o tradicional jornal inglês The Financial Times, indica Isadora Faber como um dos 25 brasileiros mais influentes do Brasil. Em março do mesmo anos, junto com outras personalidades do País, é premiada pelo jornal O Globo na categoria Educação como prêmio “Faz Diferença”.